Minhas Folhas de Relva

percepções do cotidiano em letras livres

Ponto de luz 14/04/2010

Filed under: Cotidiano,Textos meus — Aline Moraes @ 10:39 PM
Tags: , , ,

De repente, vi a lua

crescendo no canto da rua

Que nada!

Era só o poste de luz

que se acendeu

coisa de paulistano

feito eu…

* * *

É verdade… ontem, saindo do trabalho, eu estava esperando o farol abrir pra atravessar a rua e chegar ao ponto de ônibus. Percebi alguma luminosidade diferente e, quando olhei, pude jurar (mesmo que por um instante) que era a lua crescente e que eu só não havia reparado nela antes. Os segundos foram rápidos até eu me dar conta de que era só um poste de luz que tinha acabado de acender. A parte metálica ficou camuflada no escuro do céu noturno e eu só pude ver o brilho da lâmpada. Bizarro… Esse tipo de confusão só deve acontecer com gente de cidade grande mesmo. Que vergonha…rs.

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s