Minhas Folhas de Relva

percepções do cotidiano em letras livres

Sarará crioulo 07/01/2011

Filed under: Cotidiano,Intercâmbio — Aline Moraes @ 3:04 PM

Quando seu cabelo duro

Começa a nascer mais macio

A ponto de aceitar as próprias curvas

Deve ser sinal de que, finalmente

Você lubrificou as engrenagens da cabeça

* * *

Olhaí meu sarará crioulo de uns 17 anos atrás

Quando eu estava me preparando pra vir pro Velho Mundo, um dos grandes dilemas que surgiu foi “Como eu vou amaciar o meu cabelo????”. Bom, pra quem não sabe, meu cabelo já passou por várias mudanças. Nasceu cacheado da raiz à ponta, depois os cachos foram ficando maiores e mais soltos (lindo!), mas, quando eu fiz 12 anos, os hormônios fizeram o favor de transformá-lo numa maçaroca: mais liso atrás, mais crespo na frente, um terror. Desde então, comecei uns tratamentos pra domá-lo. Depois, adotei a re-vo-lu-cio-ná-ria escova progressiva, que realmente deu bons resultados e cheguei a ficar com o cabelo praticamente liso (mas um liso natural, vai….rs). Com um cabelo tão fácil de cuidar, me desesperei com a ideia de não ter a Dona Iracema (minha cabeleireira e amiga) aqui por perto a cada três meses para fazer o retoque.

A solução foi comprar os produtos pra fazer o serviço eu mesma. E eu coloquei tudo na mala, mais aliviada. Cheguei, desempacotei as coisas, coloquei os potinhos no armário sobre a pia e eles continuam lá, intocados, quatro meses depois. Sim, já passou o tempo do retoque… Mas eu resolvi que estava na hora de voltar às origens de fato e foi o timming perfeito pra eu largar a mão de ser besta e assumir os meus cachos. Um sinal externo de mudança interna, de certa forma.

E, sim, estou feliz com a minha cabeleira. Essa semana, me dei de presente de Ano Novo (já que a máquina fotográfica e o celular novos, depois do roubo, foram presente de Natal) um corte de cabelo. Na verdade, foi bem parecido com o corte antes de vir pra Londres, na altura dos ombros e repicado. A diferença ficou por conta da natureza mesmo, com os cachos nascendo e eu permitindo a eles vida longa dessa vez. Nossa, como é bom esse frescor! Essa independência química!

De fato, meu cabelo está nascendo mais comportado. Talvez sejam os ares ingleses (?!), mas eu acho que o que tem feito a diferença está mais dentro do que fora da cabeça. Mudança de dentro pra fora.

* * *

Ps.: ainda não tenho uma foto atualizada da cabeleira. Mas logo tirarei uma – minha mãe está requisitando faz tempo…rs.

 

2 Responses to “Sarará crioulo”

  1. mari Says:

    haha gostei das mudanças! ia falar que quero ver foto da cabeleira atual, mas ok ok, já li o PS😉 beijo aline, sorte por aí!

  2. diogo Moraes Says:

    uma hora da no saco! viva a revolução! independência capilar ou morte!

    “Vou jogar no lixo a dentadura meu bem, vou ficar banguela numa boa…”


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s