Minhas Folhas de Relva

percepções do cotidiano em letras livres

Declaração 20/04/2011

Filed under: Cotidiano — Aline Moraes @ 12:14 PM

Lavar a louça é um dos melhores momentos do dia pra pensar na vida. Hoje de manhã, por exemplo. Me peguei pensando nesse meu tempo aqui em Londres… Lembrando de coisas que vivi… Pensando nas pessoas que compõem a minha história. E me ocorreu: se eu morresse hoje, eu morreria feliz.

Claro que não é um pensamento agradável. Pensar no FIM dá aquele frio na barriga e uma vontade de gritar “Nãããããõoooo!!! Peraí, que eu ainda quero fazer isso, isto e aquilo lá!”. Bom, eu preferiria, pelo menos, morrer depois da minha viagem pra Cornwall e do mochilão com a Mamis… hehe. Mas se não houvesse escolha, eu ainda assim morreria feliz com o que conquistei até hoje.

Amei intensamente duas vezes na minha vida.
Ouvi sinceros “Eu te Amo” nas duas vezes.
Conquistei, nessas duas vezes, pessoas maravilhosas com quem aprendi e partilhei muitas das minhas melhores experiências.
Tive uma infância sem igual e fui criança por inteiro.
Tive e tenho um pai presente, amoroso e transparente.
Tive e tenho uma mãe fortaleza e melhor amiga pra toda a vida.
Sou parte da Família Moraes e tenho o maior orgulho disso!
Criei laços sinceros e duradouros de amizade.
Conservo bem junto ao peito as melhores amigas desde o início da adolescência.
Conquistei uma vaga na faculdade dos sonhos.
Me formei.
Já trabalhei como jornalista de verdade.
Fui e sou reconhecida nos meus esforços, como estudante e profissional.
Conto com pessoas que confiam em mim.
Tenho em quem confiar, de olhos fechados.
Estou vivendo hoje o sonho da minha vida.
Conquistei minha independência (ainda que nunca tenha, de fato, pagado um aluguel… coisa que pretendo fazer em breve se eu não morrer hoje rs).
Tive experiências incríveis de frustração e de superação.
E surpresas também.
Me livrei da química no cabelo hehe.
Fiz amigos em outros cantos do mundo.
E sou feliz.

Espero ainda poder alongar essa lista.
Incluir que arranjei um cantinho dahora no centro de Sampa.
Que trabalho num lugar bacana, como jornalista.
Que fiz meu mestrado.
Que viajei mais um pouco (ou mais um tantão…).
Que disse e ouvi aquele sincero “Eu te Amo” de novo.
Que ampliei a família Moraes com a minha própria.
Que continuamos realizando a Fecofama no Ano Novo por muitos anos.
E que a vida seguiu incerta (amém!), porém firme.
Sobre a estrutura de pessoas e momentos que compõem minha história.

* * *

Essa é a minha declaração de amor à Vida e a todos aqueles que, direta ou indiretamente, fazem parte dessa “lista”
(E não, esse não é um bilhete suicida…rs. Eu quero é mais! :))

 

2 Responses to “Declaração”

  1. Eduardo Moraes da Silva Says:

    Você esqueceu de mim…snifsnifsnif…rsrsrsrs

  2. MariPassos Says:

    que coisa mais linda!


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s