Minhas Folhas de Relva

percepções do cotidiano em letras livres

De Bruer – 101 Cervejas (e mais…) 23/01/2013

Filed under: Cervejas,Cotidiano,London — Aline Moraes @ 11:16 PM
Tags: , , ,

Só gosto dos bares
às terças e quintas.
Nesses dias,
todos os pares são ímpares.

Penso como Marilda Confortin, autora das palavras acima. Bares de terça, principalmente! Quem desposa uma cadeira de madeira na calçada e bebe uma cerveja no começo da semana só pode ser um verdadeiro amante de beber. Daquele que fica feliz, e não necessariamente alegre. Pois ontem (terça-feira!) foi um desses dias ímpares.

De BruerConheci o bar De Bruer, especializado em cervejas gourmet e artesanais, e 90% do cardápio é de brasileiras. Indicação certeira dada por um colega de trabalho que é amigo do Oliver, o dono. Tenho em comum com ele duas coisas muito importantes na minha vida: a paixão por cerveja e o cordão umbilical – que nunca se corta – com Londres. Oliver viveu na Inglaterra por sete anos e disse que explorou bastante os pubs do interior. Em UK, você AMA o bar do seu bairro, AMA cerveja, cultua-a, faz festival e, claro, bebe pra cacete. Não sei bem o quanto a experiência britânica o influenciou, mas fato é que Oliver abriu, no final do ano passado, o seu próprio bar de cervejas.

O lugar é pequeno e simpaticíssimo! Mesinhas de madeira na parte de dentro e algumas na singela varanda do lado de fora, e que não atrapalham a passagem na calçada. Garçons atenciosos, indicação de cerveja, música ambiente de primeira qualidade (bastante jazz) e um kebab de cordeiro de-li-ci-o-so! A conta? Bom, cervejas gourmet não são baratas. Lá, o mínimo que se paga é R$6,90 por uma garrafinha de 300 e tantos mL. Ou pelo chopp Dama, de Piracicaba, que é uma delícia! E a cifra pode passar dos R$80 por uma garrafa de 750mL. Mas, sérião, vale a pena

Degustar cerveja, para mim, é sempre um prazer. Faço em casa. Faço até sozinha. E faço sempre com um sorriso no rosto, porque é gostoso demais. Mas degustar uma boa cerveja num lugar bacana, que preza por aquilo que serve, que tem carinho pelo sagrado suco de cevada e lúpulo… é quase orgásmico. Veredicto: De Bruer, recomendadíssimo. Só faltou conversar mais com o Oliver, que corria de um lado para o outro. Pelo visto, tem mais gente que concorda com o poema da Marilda… Da próxima vez, vou de segunda😉

DegustaçãoCervejas degustadas
Infinium – Belgian Strong Ale – Brewer: Weihenstephaner/Samuel Adams (GER/EUA)
Summer Lady – Weissbier – Brewer: Dama Bier (BRA)
Açaí – Stout – Brewer: Amazon Beer (BRA)

Veredictos:
Infinium: apesar de cara, a Infinium não está entre as melhores que eu já tomei. Continuo com a Delirium Tremens, no mesmo estilo, e com as Tripel – Karmeliet e Carolus.

Summer Lady: tanto essa Weiss quanto o chopp Munchen da Dama são gostosos. Suaves, refrescantes, aromáticos… Vale conferir!

Açaí: putz… superar a Taberebá (feita com cajá) é difícil para a Amazon Beer. Eu amei essa cerveja! Uma witbier deliciosamente aromática e refrescante (adjetivo repetido mesmo, não é falta de criatividade rs). Já a Açaí… Bom, eu não curto Stout, pra começar, então ela já estava em desvantagem quando chegou na mesa. Mas o que eu gostei é que o açaí suavizou o amargor da cerveja sem perder a característica do estilo.

Serviço:
De Bruer – Rua Girassol, 825, Vila Madalena, São Paulo
Tel.: 3812-7031

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s