Minhas Folhas de Relva

percepções do cotidiano em letras livres

Bloco de Notas 03/03/2010

18 de fevereiro de 2013

“Se tudo mudou, ainda falta(va) ver o teu mito cair dentro de mim.”

Guilherme Arantes, na música Uma Espécie de Irmão, me mostrando como se supera um amor

* * *

06 de fevereiro de 2013

“We shouldn’t wait for hapiness to come, but open our eyes and find it in our every day’s lifes.”

Maria Laini, a great friend from Switzerland

* * *

04 de fevereiro de 2013

“You is kind. You is smart. You is important.”

Aibileen (played my Viola Davis) to a little white girl from the South, in the film The Help (2011)

* * *

01 de janeiro de 2013

“No seio da natureza, por entre o mar e a montanha, como quem não se atrapalha, a inabalável certeza: ‘Quem sabe leva na manha e sempre vence a batalha.'”

Moraes Moreira, músico brasileiro, em seu livro A História dos Novos Baianos – E Outros Versos

* * *

27 de maio de 2010

“Se exigirmos do homem o que ele deve ser, faremos dele o que ele pode ser. Se, pelo contrário, o aceitarmos como é, então acabaremos por torná-lo pior do que é. (…) é uma citação quase literal de Goethe. Portanto, este idealismo – se é que se trata de idealismo – é, no fim das contas, o único realismo verdadeiro.”

Viktor Frankl, psicanalista austríaco falando sobre a busca de sentido para a vida em seu livro Sede de Sentido, de 1989

* * *

13 de abril de 2010

“Do rio até outro rio/De outro rio até o mar/Do mar até outra nuvem”

Palavra Cantada, na canção Água

* * *

5 de abril de 2010

“você pára

a fim de ver

o que te espera

só uma nuvem

te separa

das estrelas”

Paulo Leminski, no livro Caprichos & Relaxos

* * *

28 de março de 2010

“Wake up, kids. We’ve got the dreamers disease.”

Letra de You Get What You Give, da banda de rock norte-americana New Radicals

* * *

24 de março de 2010

“É curioso como, de vez em quando, você precisa sair de casa para poder fazer perguntas difíceis, como as perguntas nunca surgem no quarto onde você cresceu, na cidade em que você nasceu. É engraçado como você não consegue fazer perguntas difíceis em um lugar conhecido, como você precisa se distanciar alguns passos e ver as coisas de uma nova forma antes de se dar conta de que nada do que está acontecendo a você é normal. O problema com você e comigo é que estamos acostumados ao que está acontecendo conosco.”

Donald Miller no livro Fé em Deus e Pé na Tábua – descobrindo a essência da vida em uma kombi

* * *

22 de março de 2010

“[…] e aquilo a que chamávamos o nosso amor era talvez eu estar de pé diante de você, com uma flor amarela na mão e você com duas velas verdes, enquanto o tempo soprava contra os nossos rostos uma lenta chuva de renúncias e de despedidas e de passagens de metrô.”

Julio Cortázar, O Jogo da Amarelinha, p. 13

* * *

19 de março de 2010

“Eu queria pintar o nada. Estava procurando alguma coisa que fosse a essência do nada, e foi isso [uma lata de sopa Campbell’s]”

Andy Warhol, pintor norte-americano (um dos meus favoritos) que retratou a Pop Art de uma América vazia

* * *

15 de março de 2010

“É possível criar uma grande força quando unimos nossas pequenas fraquezas.”

Ana Luisa Zaniboni Gomes, na dedicatória de seu livro Na boca do rádio: o radialista e as políticas públicas

* * *

09 de março de 2010

“The word loneliness expresses the pain of being alone, and the word solitude expresses the glory of being alone.”

Paul Johannes Tillich, teólogo e filósofo alemão do séc. XIX

* * *

03 de março de 2010

“A verdadeira arte de viver talvez seja tentar ser aquilo que você é. O que evidentemente é muito difícil.”
Domingos de Oliveira, dramaturgo e cineasta carioca

* * *

Um dia, no busão…

“Acho sempre estimulante descobrir novos exemplos de meus próprios preconceitos e bobagens, de entender que não sei nem metade do que acho que sei.”
John Trause, personagem do livro Noite do Oráculo, de Paul Auster

* * *

Um dia, na aula de fotografia na ECA…

“Um paralelo entre o jornalista e o fotógrafo: ambos veem, observam o mundo, mas não o tocam. Registram-no.”
Atílio Avancini, o professor

* * *

19 de setembro de 2009

“NÃO FOSSE ISSO

E ERA MENOS

NÃO FOSSE TANTO

E ERA QUASE”
Paulo Leminski, no livro
Caprichos & Relaxos

* * *

02 de setembro de 2009

“Pouco importa em que Deus um homem crê. É a fé, e não o Deus, que faz os milagres.”
Henri Poincaré, físico francês, citado no livro Madame Curie

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s